Colegiado referenda retomada de licitação da Prodam Notícias

11/05/2018 13:30

A decisão de autorizar a retomada da licitação promovida pela Prodam – Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de SP, apresentada pelo relator Edson Simões na sessão plenária de 9 de maio, foi referendada pelos demais conselheiros do TCM.  

A análise refere-se ao edital de pregão eletrônico 11.002/2017 de registro de preço para futura e eventual aquisição de insumos de equipamentos, com serviços de impressão e etiqueta para o Sistema de Bens Patrimoniais.

A suspensão, também referendada pelo Colegiado, foi motivada pelas irregularidades apontadas pela auditoria do TCM, como caracterização deficiente dos itens do objeto, falta de elementos técnicos para justificar os quantitativos informados pelas unidades e ausência de esclarecimentos da não reserva de cotas.

Após analisar as justificativas da Prodam, a auditoria concluiu que o edital  “reúne condições de prosseguimento desde que sejam feitas as alterações apontadas pelo TCM.

Acompanhando o entendimento da auditoria, o relator condicionou a retomada do pregão à republicação do edital com as providências e correções informadas pela Prodam.