Escola de Gestão e Contas do TCMSP realiza palestra sobre gerenciamento de obras Notícias

09/09/2019 17:00

Uma das principais ferramentas de gerenciamento de projeto é o cronograma, que garante à obra o planejamento, monitoramento, controle dos recursos e oportunidade de elaborar estimativas quanto às etapas. Para auxiliar na elaboração de um escopo bem traçado, a Escola de Gestão e Contas Públicas (EGC) do Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCMSP) convidou o arquiteto Samuel Machado para falar, na manhã de segunda-feira (09/09), sobre “Gerenciamento de obras por meio de um cronograma realista”. O evento contou com mediação do professor da EGC, José Frederico Meier Neto.

De acordo com Machado, que tem mais de 25 anos de experiência na área de coordenação e gerenciamento de projetos de Engenharia, o cronograma é uma das 28 ferramentas de planejamento. "É ele que define o que você vai entregar ou receber de informação, o que está fazendo e para aonde está indo", refletiu ele.

Fazendo uma leitura do caminho de um bom gerenciamento, o arquiteto lembrou a importância de um projeto como “algo que deve ser feito, criado e executado dentro de um sistema complexo e não repetitivo”, explicou.

Alguns passos são fundamentais no planejamento de projetos e entre eles Machado destacou:

  • Documentar e publicar a declaração de um escopo de projeto;
  • Desenvolver uma Estrutura Analítica do Projeto (EAP);
  • Desenvolver um cronograma de projeto;
  • Determinar a necessidade do recurso;
  • Definir as compras e aquisições;
  • Desenvolver o orçamento do projeto; e,
  • Desenvolver a publicação do plano de gerenciamento.

"O principal de tudo é trabalhar com agilidade, planejar, checar e executar, essa é a questão básica de qualquer planejamento; é a questão básica de qualquer gerenciamento de obra", encerrou o arquiteto Samuel Machado, que sorteou cadernos e seu livro "Ferramentas de planejamento, monitoramento e controle de obras" aos presentes.